Nota da Comissão de Anistia sobre homenagem do Exército ao coronel torturador Brilhante Ulstra

NOTA OFICIAL DA COMISSÃO DE ANISTIA A Comissão de Anistia repudia a decisão do Comandante da 3ª Divisão do Exército Brasileiro em promover ‘solenidade em homenagem’ a Carlos Alberto Brilhante Ustra, um homem declarado oficialmente pela Justiça brasileira e pela Comissão Nacional da Verdade como torturador da ditadura. As Forças Armadas pertencem a todo o…

Nota da Comissão de Anistia do Brasil sobre o falecimento de Carlos Alberto Brilhante Ustra

Por meio desta nota, a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça vem lamentar que o Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra tenha falecido sem responder pelos crimes contra a humanidade que praticou durante a ditadura civil-militar brasileira. Como comandante do DOI-CODI paulista entre os anos de 1970 e 1974, Ustra comandou e praticou torturas e…

Porque lutar pelo Direito nos dias de hoje?

Advogado de políticos e empresários envolvidos nos maiores escândalos dos últimos anos no Brasil, Nélio Machado é um espécime em extinção. Formado na Faculdade de Direito da Universidade Estadual da Guanabara no início dos anos 1970, foi um jovem educado na defesa daqueles adolescentes que decidiram enfrentar a Ditadura civil-militar, pegando em armas. Em uma entrevista…

Método indutivo, violência & polícia

Na epistemologia, ciência do conhecimento, o método indutivo é caracterizado pela possibilidade de a partir dos elementos parciais obtidos se compor conclusões com pretensão de generalidade. Assim, se o analista obtém dez resultados x, ele poderia propor uma hipótese X, com perspectiva de compor uma conclusão também X. Na discussão contemporânea, ainda que o analista…