Omo lava mais branco

Por Paulo Cavalcante Bomba! Bomba! A “Operação Omo Lava Mais Branco” descobriu fortíssimos indícios de irregularidades no sítio. Revirando os arquivos, encontraram uma prancha de um tal Debret, que julgam ser irmão do Rugendas e amigo do Hegel, com uma legenda escrita a mão dizendo o seguinte: “Mulata a caminho do sítio paras as festas…

Por que você está nervoso(a)?

Por Sérgio Rodrigues Dias Filho – Por causa de que cê tá nervoso? – pergunta assustada a criança de 6 anos ao ver o seu pai, mais de uma vez, socar a mesa da cozinha enquanto acompanha o telejornal das 20h30. Não faltavam motivos para tal questionamento: os olhos do pai de família estavam esbugalhados…

Casa Grande & Senzala

Por Rogerio Dultra dos Santos De Campo Grande a Belém, de João Pessoa a Salvador, a novidade das manifestações deste domingo foi a presença desse norte e nordeste branco, louro e cevado. O protesto foi, desta vez, por uma polícia federal verdadeiramente política: autônoma e dona do destino de suas investigações. No mais, o fora…

Marx & Hegel: por que a crítica da direita ao Ministério Publico de Barra Funda (SP)?

Por Gisele Silva Araújo e Rogerio Dultra dos Santos A escalada do golpe judiciário-midiático não cresce sem surpresas. Depois da desastrada tentativa de “condução coercitiva” de Lula até Curitiba, a “Operação Lava-Jato” foi colocada temporariamente na geladeira. Em seu lugar, o histrionismo dos Promotores de Justiça de Barra Funda voltou às manchetes. Agora com uma…

A Segunda Prisão de Lula

Por Marcio Tenembaum Jorge Bornhausen durante a crise do chamado mensalão disse que o “país ficaria livre por um bom tempo dessa raça “, se referia ao PT. Se Lula teve uma infância difícil, pobre, passou fome, não muito diferente dos milhares iguais a ele excluídos desse país, felizmente não perdeu a família dizimada em…

A marcha da insensatez no Brasil

Por Paulo Cavalcante Não há nenhuma justificativa plausível para a condução coercitiva do ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva. Nenhuma. Alguém que tem domicílio conhecido no país e que já prestou voluntariamente três depoimentos não tem necessidade de ser conduzido pela Polícia Federal para prestar mais um depoimento na delegacia do aeroporto de…