Jesus e o milhão de reais de Sérgio Moro

0000jesus juiz

Por Rogerio Dultra dos Santos

“Senhor, quantas vezes poderá pecar meu irmão contra mim, para que eu lhe perdoe? Será até sete vezes? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete vezes. (Mateus, XVIII: 15, 21e 22)”

O Juiz Sérgio Moro, vestal impoluto da República do Paraná, que promete limpar o Brasil da corrupção, provavelmente não seria perdoado pela matemática de Jesus.

Aparentemente com uma remuneração bem acima do permitido pela Constituição, o juiz federal supostamente recebe por mês, em média, R$ 77.000,00 (setenta e sete mil reais).

Por ano, incluído o 13º salário, Sérgio Moro, funcionário público, retiraria, nada mais, nada menos, que R$ 1.001.000,00 (hum milhão e hum mil reais), segundo o Deputado Federal Wadih Damous em fala na tribuna da Câmara dos Deputados, no dia de ontem, 20 de agosto.

Pelas contas bíblicas, o juiz Moro embolsaria mais que o dobro do que o razoável para o perdão.

Na verdade, mais que o dobro do salário da Presidência da República.

Mais de 100 vezes o salário mínimo mensal de um trabalhador comum.

Qual é o problema de remuneração tão excelsa? São vários. Um deles é que ninguém hoje pode saber disso.

O Poder Judiciário é o único da República que não é transparente. O Poder Executivo e o Poder Legislativo têm expostos os salários de seus servidores a dois cliques da web. E o pior é que o suposto recebido pelo juiz Moro nem mesmo é o mais escorchante e pornográfico.

Afinal, ele é apenas um juiz de primeira instância.

Existem juízes e desembargadores que abiscoitam bem mais que parece ganhar o juiz Sérgio Moro.

O salário de qualquer um Desembargador, dizem, é maior que o suposto ordenado de Moro, que é Juiz Federal.

A faxina ética que o Juiz pretende fazer no país deveria começar pelo dinheiro que parece receber, com a plácida anuência para a incorporação de penduricalhos – ou pixulecos, como queiram denominar – como o auxílio moradia, o auxílio taxi, o auxílio educação ou quaisquer pretextos contábeis que colaboram para violar o limite constitucional dos salários do funcionalismo público.

Seja no judiciário Estadual, seja no judiciário Federal, os ordenamentos dos magistrados fariam Jesus sentar e chorar.

Mas um bom cristão diria: quem nunca pecou, que atire a primeira pedra.

Se isto é verdade, se este juiz é um milionário às custas do contribuinte, e se quem nunca ganhou mais de R$ 77.000,00 por mês resolver atirar a primeira pedra, como outra parábola do Novo Testamento aponta, vai sobrar pouca gente para “limpar” o Brasil.

Afinal, limpar o país de quem mesmo?

7 comentários sobre “Jesus e o milhão de reais de Sérgio Moro

  1. onde está o cnj – não serve para nada – nem para fiscalizar saque dos cofres públicos – mantido com imposto – que esses funcionários fazem – ou o cnj tome uma atitude ou feche a porta – ou no cnj também exitem pessoas ganhando esse valor – raposa fiscalizando raposa.

    Curtir

  2. Rapaz, isso é um acinte, (des )Moro(na) qualquer possibilidade de justiça, de Moral, de Ética. Mais que isso: Corrói as bases da Nação.
    Mas isso infelizmente não é o fim. Haveria um sistema de rodizio em que juízes substituiria colegas de outras varas, num efeito dominó, resultando no aumento da farra com o dinheiro público.
    São tenebrosas transações legais.

    Curtir

  3. Eis um dos grandes problemas da Rés-pública…ela abriga desde a sua fundação ou proclamação, castas de privilegiados, com altas mordomias e garantias absolutas de proteção desses privilégios, ostentadas contra um fundo de miseráveis do Bolsa Família, milhões de trabalhadores mal remunerados e aposentados, que sobrevivem com um salário minimo de beneficio social ou previdenciários. Mas dirão alguns: É a meritocracia….estão lá porque merecem, por mérito. Bom lembrar que Jesus Homem desistiu deste e almejou criar um outro mundo, só para os mansos e humildes de coração, para os que choram sem consolo e para os “pobres de espírito”. E vaticinou com serão as coisas por lá, para não deixar dúvida: “Os últimos (aqui) serão os primeiros (lá)”, a confirmar que esta coisa de seleção meritocrática, nunca teve a aprovação do Mestre.

    Curtir

  4. Não precisa ser muito burro para saber que isso é mentira, segundo o portal da transparência ele ganha igual a todos os juízes federais do Brasil, o que não passa de uns 30 pilas, mensais, o que não é pouco, mas enfim, quem quer tal remuneração, tem concurso aberto…

    Curtir

  5. É mentira. Isso faz parte do trabalho do PT de desmoralizar qualquer pessoa que tente trazer a verdade à tona.
    Vejam: bruto aproximadamente 34.000,00 e líquido 24.000,00. Esse valor de 77.000,00 é com férias, 13º salário….

    https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpl1/v/t34.0-12/11939086_501406750014201_696809818_n.jpg?oh=39e18514081039b558cf815c6e6a6dff&oe=55DD9851&__gda__=1440538960_ffb7de167f0ddc726f77740e5572b0ca

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s